Notícias

Porto de Antuérpia bate record pelo quinto ano consecutivo.

O Porto de Antuérpia atingiu o record em volume de carga pelo quinto ano consecutivo. Em 2017 o porto movimentou 223,606,610 toneladas de carga, um aumento de 4.4% comparado com o ano anterior. Praticamente todos os setores tiveram uma excelente performance: O volume em container ampliou em tonelagem para 4.3% (123 milhões de toneladas), cargas de granel líquido como derivados de óleo para 5.7% (73.1 milhões de toneladas), e cargas fracionadas convencionais como ferro em 4.8% (10.3 milhões de toneladas), enquanto o roll-on/roll-of completa a crescente lista com 10.5% (5.1 milhões de toneladas). Somente as cargas sólidas como carvão e minérios não tiveram uma crescente, fechando o ano com uma queda de 3.7 %(12.2 milhões de toneladas).

Jacques Vandermeiren, CEO da Autoridade Portuária de Antuérpia, desenhou algumas conclusões positivas: “Terminar o ano com um forte crescimento em nossos números nos dá confiança para o futuro. As companhias portuárias se mantém firmemente convencidas das vantagens de Antuérpia e do potencial que ele tem a oferecer, presenciando os muitos investimentos que foram realizados em 2017. Para 2018 procuraremos desenvolver os progressos do ano anterior. Isto significa que nossas decisões terão escala global facilitando ao máximo para nossos clientes em suas bases.

Contêineres

O volume em contêineres aumentou em 2017 para 4.3% em tonelagem (122,969,409 toneladas) e para 4.1% em termos de números de contêineres padrão (10,450,897 TEU). O último trimestre de 2017 teve o melhor resultado do ano, com crescimento de 7% (em TEU) comparado com o último trimestre do ano anterior. Além disso houveram três meses em 2017 (Maio, Agosto e Outubro) com Record absoluto em volume mais de 900,000 TEU.

Com respeito as rotas comerciais o maior progresso foi realizado na América do Norte (11.6%), América Latina (8.5%) e Extremo Oriente (7.7%). Os Estados Unidos tiveram uma performance particularmente boa como parceiro comercial de Antuérpia com 9.7% de crescimento total no volume de contêineres carregados, com o aumento das importações de contêineres em 10.4%. Em contraste na Europa,  o maior parceiro comercial da Antuérpia, o porto perdeu volume (decresceu cerca de 3.6%), devido em parte à perda de importações por transbordos. (transhipment).

“ O clima econômico favorável combinado com grandes alianças que continuam escolhendo decididamente por Antuérpia significa que a movimentação de contêineres em Antuérpia atualmente está com o vento a seu favor. Jacques Vandermeiren explica. “ No próximo ano nós esperamos por mais crescimento no volume de contêineres , e ainda em 2018 continuaremos a trabalhar forte promovendo uma capacidade de movimentação ainda maior em Antuérpia.

Cargas fracionadas (Breakbulk)

O volume roll- on/ roll- off (ro/ro) aumentou acentuadamente em 2017, de 10.5% para 5,052,403 toneladas. O número de carros movimentados por suas partes aumentou de 4.0% para 1,238,128 unidades.

Cargas fracionadas convencionais também tiveram importante progresso em comparação com o ano anterior. No final de 2017 o número figurava em 10,273,369 toneladas, representando um crescimento de 4.8%. Neste segmento o crescimento foi significativamente aparente na importação e exportação de ferro bruto e aço (de 7.8% para 8,350,565 toneladas.  Houve um crescimento espetacular na importação de ferro bruto e aço vindo da Índia (de 91% para 520,209 toneladas. Importação de aço vindo de países como Coréia do Sul, Taiwan, Vietnan e Turquia aumentaram em 2017 como resultado de uma melhor performance na indústria do aço, compensando assim uma queda acentuada nas importações vindas da China (baixa de 44% para 657,308 toneladas). O desenvolvimento posterior foi em grande parte devido as medidas de anti-dumping adotadas pela União Européia (EU) para restringir importações de aço chinês a preços abaixo do mercado.

Carga Líquida

 O volume de cargas a granel liquidas atingiu em 2017 um crescimento de 5.7% (73,134,912 toneladas). Na verdade no último trimestre de 2017 foi o melhor da história neste segmento. O aumento no volume total de carga a granel líquida  foi impulsionada pelo aumento do montante de petróleo não refinado (bruto) movimentado, um crescimento de 49.9% (5,963,279 toneladas). O volume de derivados de óleo que representa quase três quartos do total neste segmento, aumentou mais uma vez em 2017 de 3.1%, para 52,939,495 toneladas.

Carga Sólida

 O volume de carga a granel sólida declinou no ano passado 3.7%, baixa de 12,176,518 toneladas. Por outro lado o montante de fertilizantes movimentados – a maior categoria entre as cargas secas – aumentou de 3.7% para 3,734,661 toneladas. O volume de minério também experimentou um forte crescimento de 12.7% para 2,385,536 toneladas. No outro extremo da escala, houve um decréscimo em curso no volume de carvão, baixa de 54.2% para 477,515 toneladas.

Embarcações de Alto Mar (Vessels)

Um total de 14,223 embarcações fizeram escala no Porto de Antuérpia em 2017, uma diminuição de 1.7% comparado ao ano anterior. Por outro lado o total de tonelagem bruta destas embarcações aumentou de 1.4% para 406,762,315 GT.

Fonte: Informativo dos Portos

ubm white new

   Conectando pessoas e o mercado global

 

UBM: uma das maiores empresas do mundo em mídia de negócios

Nos mais de 30 países onde realiza seus eventos, a UBM constrói relacionamentos duradouros com especialistas e players do mercado e gera oportunidades que alavancam e fomentam o desenvolvimento da indústria local em âmbito global. Ler Mais

 

Filiada à     

 ubrafe branco

Newsletter

entrada invalida
entrada invalida
entrada invalida
entrada invalida
Entrada Inválida
Entrada Inválida
Entrada Inválida