Blog

Cresce movimentação de cargas no Porto de Suape

Cresce movimentação de cargas no Porto de Suape

O Porto de Suape apresentou um crescimento de 21% na movimentação de cargas em março último quando foram movimentadas 2,02 milhões de toneladas de carga. A comparação é com o mesmo período do ano passado. A alta foi puxada praticamente por três fatores: aumento das exportações, o crescimento dos produtos movimentados pela Refinaria Abreu e Lima (Rnest) – quando comparado com o mesmo mês de 2016 – e o incremento na movimentação de contêineres.

Esse último reflete um aquecimento da economia, o que é uma boa notícia.

As cargas exportadas por Suape registraram um crescimento de 206% no seu volume, comparando março último com o mesmo mês de 2016. Por Suape, saíram 151,5 mil toneladas em março deste ano contra as 49,4 mil toneladas registradas em março de 2016. “Os veículos e combustíveis lideraram esse aumento”, explica o diretor de gestão portuária do Porto de Suape, Paulo Coimbra. A exportação de granéis líquidos – incluindo os combustíveis, químicos e derivados de petróleo – cresceu 690% em março último, comparando com o mesmo período do ano passado. “Uma parte desse aumento se deu em movimentações pontuais que ocorrem dependendo do controle de estoque de quem está comprando. É muito natural uma empresa comprar mais combustível num determinado momento que o preço está mais em conta”, explica.

Paulo argumenta que a movimentação dos granéis líquidos no Porto foi impactada pelo aumento de produção da Rnest. Até fevereiro de 2016, a Rnest tinha uma licença para processar cerca de 70 mil barris de petróleo por dia. “Em março de 2016, essa quantia foi ampliada para 100 mil barris, o que lógico não ocorreu de imediato. No entanto, agora, isso fez diferença”, lembra.

“Também contribuíram para o aumento das exportações a quantidade de veículos exportados e isso fez parte da estratégia da fábrica da Jeep de Goiana”, afirma Paulo.

CONTÊINERES

Os contêineres mostraram desempenho positivo de 30% na quantidade alcançando 37,3 mil unidades. A carga conteinerizada alcançou 446,5 mil toneladas com uma alta de 17% em relação a março de 2016. Dentro dos contêineres são movimentados autopeças, matéria-prima para alimentos, alimentos, vidros, entre outros. As importações realizadas por Suape tiveram um crescimento de 17%, passando de 497,8 mil toneladas em março de 2016 para 582,9 mil toneladas no terceiro mês deste ano.

FONTE: PortosENavios.com.br

ubm white new

   Conectando pessoas e o mercado global

 

UBM: uma das maiores empresas do mundo em mídia de negócios

Nos mais de 30 países onde realiza seus eventos, a UBM constrói relacionamentos duradouros com especialistas e players do mercado e gera oportunidades que alavancam e fomentam o desenvolvimento da indústria local em âmbito global. Ler Mais

 

Filiada à     

 ubrafe branco

Newsletter

entrada invalida
entrada invalida
entrada invalida
entrada invalida